Esporro Público 2018 - #RIPLemmy - UOL Blog
Overdose de Copa
Em época de Copa do Mundo, nos programas esportivos não se falam em outra coisa a não ser da concentração da selecão Hexpetacular do técnico Parreira Kiko! Como brazuca que eu sou, tenho que torcer para o Brasil ganhar de lambuja a copa e ser soberano em meio a tantas seleções que se axam campeãs! Mas não podemos botar tanta fé, como nakela vez em que o Brasil de Zagalinha perdeu para a França de QZidane e do goleiro Barthe (sei lá que raios de nome é!). Mas vamos torcer para que, qdo o Brasil conquistar o Hexa, não teremos que comemorar tanto. Pois o Brasil, nakela situação de CPIs da vida e atentados policiais, terá q agüentar o tranco!
Helmet - In The Meantime
earth tone suits you
so give it a smile
if i could hold your feet down
get to know for awhile

to make due is a promise
hard to keep without help
never taught to look in
i'm too concerned with my health

helpm me spread right, ash is
cow fertilized
come down in a feed town
strength to minimize
hold it...

in the meantime x3

(screams)

in the meantime...the meantime
Megadeth - Die Dead Enough
Dedicado a Alessandro Mustaine

Falta pouco pro nascer do sol e eu acordo quente
Meu corpo esta encharcado num frio, num suor frio,
Eu decreto as cenas lívidas
E gravuras agarradas em minha cabeça

Oh, eu não posso socar forte o bastante e eu corro
Eu não posso chutar rápido o bastante e eu corro
Eu não posso atirar reto o bastante e eu corro
Eu não posso manter o bastante e eu corro
Oh, eu não posso ficar caído o bastante e eu corro
Eu não posso ter dor o bastante e eu corro
Eu não posso sangrar rapido o bastante
Eu não posso morrer morto o bastante

O ar é denso, mas o oxigênio não
Meu coração está batendo como um tambor, boom!
Gelo está fluindo através das minhas veias
Explosivos nos meus lábios e nos meus pulmões

Oh, eu não posso socar forte o bastante e eu corro
Eu não posso chutar rápido o bastante e eu corro
Eu não posso atirar reto o bastante e eu corro
Eu não posso manter o bastante e eu corro
Oh, eu não posso ficar caído o bastante e eu corro
Eu não posso ter dor o bastante e eu corro
Eu não posso sangrar rapido o bastante
Eu não posso morrer morto o bastante

Eu não sei pelo que estou correndo
Eu não sei para onde estou correndo
Mas há alguma coisa profunda e estranha dentro de mim, eu vejo

Eu não sei pelo que estou correndo
Eu não sei para onde estou correndo
Alguma coisa está me forçando a correr para a escuridão

E agora estou mais dirigido do que antes
E agora eu vivo apenas para determinar os pontos
E agora Eu sinto a proximidade da sua respiração
Agora Eu lhe conduzo à sua morte

Eu estou mais dirigido do que antes
Eu vivo apenas para determinar os pontos
EU sinto a proximidade da sua respiração
Eu lhe conduzo à sua morte


Oh, eu não posso socar forte o bastante e eu corro
Eu não posso chutar rápido o bastante e eu corro
Eu não posso atirar reto o bastante e eu corro
Eu não posso manter o bastante e eu corro
Oh, eu não posso ficar caído o bastante e eu corro
Eu não posso ter dor o bastante e eu corro
Eu não posso sangrar rapido o bastante
Eu não posso morrer morto o bastante
Confissões de um passageiro magoado
Saio de casa, pego um busão, sento num banco, olho pra janela, árvores e prédios correndo, vejo pessoas entrando, sentando em seus bancos, fico só, ninguém quer sentar comigo, nem uma garota bonita, nem um senhor de idade, nem uma pessoa que nunca vejo, perecem que têm medo de mim, porque penso e falo sozinho, ando esquisito, tenho cabelo amarrado para trás, uso roupas esquisitas, tímido por não olhar, por não se importar com ninguém, mas quem se importa...
Estou num busão e o que eu mais quero é que todos cuidam de suas vidas!!!
15 de Maio de 2006: Um dia em que SP jamais se esquecerá
Bandidos atirando, Policiais contratacando, pessoas correndo, crianças gritando, ônibus queimados, escolas fechadas, faculs saqueadas, bancos apedrejados, carros parados, Tvs anunciando o pânico, o povo assustado, não sabendo o que acontecerá no futuro. Esse foi o que chamamos de 15 de Maio: o dia mais negro que SP sofreu. Como 11 de setembro e 8 de dezembro (onde perdemos John Lennon eo 1980 e Dimebag Darrel em 2004), sofremos um atentado em que todos nós entramos em estado de sítio.
Autoridades do Brasil inteiro! Atendem o pedido a essa massa falida e fudida de tudo o que aconteceu. Queremos que essa violência não aconteça de novo, senão vamos está pra lá de Bagdá.



[ ver mensagens anteriores ]
Rodrigo Souza Mlh

Criar seu atalho
Meu Perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Música, Cinema e vídeo