Esporro Público 2018 - #RIPLemmy - UOL Blog
Matando os demônios inferiores!

MADZ

Semana passada ganhei do Pedro o CD do Mad Dragzter, Killing The Devil Inside.

O novo disco é uma continuação do seu début Strong Mind, que colocou a banda como revelação de 2003. Muito bem merecidos!

Eu já conhecía o pessoal da banda, principalmente o Tiago Torres, que é um cara simpático pra caralho.

Voltando ao disco, ele é 1000 vezes melhor que o Strong Mind, pois a banda soa muito melhor em conjunto.

As músicas são muito bem tocadas, como The World Ends Tomorrow Morning (parece Testament!), EVIL.com (com um coral de criancinhas no meio!), Nation of Fear (com a participação do Alborghetti), ou seja, Metal 100% na veia, pesado do começo ao fim. Tem uma música que vai virar hit, a Talking To THe Shadows, na qual o Tiago imita o James Hetfield, do Metallica. Fudida pra caralho!
Tem outras músicas que passeiam pelo Hard, como Curriculum Mortis, Level 42, Surreal (que possui um vocal feminino). A capa desse disco é nota 100! Uma obra de arte!

Então, se quer ouvir uma banda de verdade, com competência e muito profissionalismo, ouça o Mad Dragzter.
Qualquer momento quero ver o show dos caras, mas eles cancelam! Merda, Tiago! Tire as bundas dos caras do banco e marca esse show, caraio!
hahahahahahahahaha...

Que disco bom de se ouvir na estrada

Ganhei o CD do Pedra nas mãos do Xando Zupo, guitarrista e vocalista.

Ouvindo o disco, dá pra perceber a proposta que essa banda mostra-se versátil e sem prender a qualquer estilo. Além do Xando, o Pedra conta com o lendário Luiz Domingues (baixo), Rodrigo Hid (vocal, guitarra e teclado) e um baterista convidado, substituído pelo Ivan Scartezinni.

O álbum de estréia é muito bom, e músicas como Sou Mais Feliz, O Dito Popular, Me Chama na Hora são os destaques, que ajudam a brilhar esse disco.

As minhas favoritas são Amanhã de Sonho (balada linda, até o fundo da guitarra lembra Always With Mw, Always With You, do Joe Satriani), Madalena do Rock'N Roll e Misturo Tudo e Aplico (veja o clipe dessa música a seguir!), que foi composta junto com Marcelo Schevano, seu ex-companheiro na Patrulha do Espaço e atualmente está no Carro Bomba.

Já já o segundo CD estará nas lojas e quem quiser ver o Pedra Ao Vivo, não percam o show que vão fazer no dia 05/10, no Centro Cultural SP.

Eu estarei lá para autografarem a capa.

Foi inesquecível, Valeu a pena!

Nesse sábado fui ao Cetro Cultural São Paulo ver o show da maior banda de Rock Pesado do Brasil: Patrulha do Espaço.

Chegeui lá e vi um monte de gente que parece que os anos 70 ainda não acabaram. Todos com discos da banda para serem autografados pela maior lenda do Rock brasileiro: Rolando Castello Junior. Quando a banda entrou, foi como se eu entrasse na nave e lá estava eu revisitando todos os clássicos dessa banda fudida, criada por Junior e pelo recém ex-Mutantes Arnaldo Baptista. Na banda estavam o baixista Renê Seabra e o Marcello Schevano na guitarra e vocal. Como canta essa cara! Aliás, toda a banda estava afiadíssima, até chegar a outra lenda do Rock, Percy Weiis. Esse é, sem dúvida, um puta vocalista, na linha de feras como Ian Gillan, Roger Datley, Robert Plant. outro que também entrou para soltar sua voz é Gustavo, de São Carlos.

É impossível negar a qualidade musical desses caras, pois quem estava realmente brilhando no show é o Junior que, apesar de sua deficiência, devido ao acidente terrível que quase o obrigou a parar de tocar, continua detonando com sua técnica apuradíssima. Ele comendou todo o show, com seus curtos solos, ams muito inspirados. Parecia que ele baixou feras como John Bonham, Keith Moon. Caralho, vou parar por aqui senão vou chorar!

Naquele momento, vi os caras do Baranga entrarem para ver o Patrulha. Xande, Soneca (irmão do Marcello) e o Paulão (acompanhado de sua esposa) marcaram presença para ver o mestre tocar. Parcy teve seu lado comediante ao dizer que viu uma charge num juornal escrito: Bin Laden, tem mais dois pra vc destruir! Era a hora de ver a banda criticando o cenário de Brasília.

Eu poderia relatar tudo o que vi naquele show, mas foi muito emocionante cumprimentar o Junior e todos da Patrulha, pela maior apresentação que eu já vi. Uma banda que já passou por muitas dificuldades, enfrentou muitos pepinos, perdeu seus melhores amigos, merece todo e qualquer reconhecimento pelo seu trabalho profissional. Parabéns Junior e toda a nave da Patrulha do Espaço. Espero que essa despedida nos palcos seja apenas mais um blefe!




[ ver mensagens anteriores ]
Rodrigo Souza Mlh

Criar seu atalho
Meu Perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Música, Cinema e vídeo