Esporro Público 2018 - #RIPLemmy - UOL Blog
Alabama 3 tocando a trilha de Os Sopranos

,/html>

A Origem de todo o Mal (publicado no final de Julho de 2009)

O cinema é repleto de herois, vilões, mocinhas, bruxas, coadjuvantes, figurantes, enfim... Porem, a figura mais emblemática, em se tratando de Horror, é o Serial Killer. Exemplos não faltam: Freddy Krueger e Jason Vhorees são os mais lembrados, adorados e odiados. Outro que figura nessa linha de frente é Michael Myers, do Halloween.

Baseado no livro de John Carpenter (que compõs a trilha do protagonista), e filmado em 1978, o clássico do terror teve a batuta refilmada pelo gênio Rob Zombie. Vale ressaltar a importância do diretor e rockeiro, que dirigiu duas películas maravilhosas, dignas de clássico (A Casa dos 1000 Corpos e Rejeitados pelo Diabo).

Para quem gosta de um bom susto e dose cavalar de carnificina, Halloween conta a origem do serial killer, desde a sua infância quando foi pego com animais mortos, condenado por matar pai e irmã mais velha, sua obsessão por máscaras, até sua sede de vingança por quinze anos internado e iniciado seu massacre, tudo para encontrar sua irmã recém-nascida, agora bem crescida.

Malcolm Macdowell faz o psicólogo do psicopata, cujo seu papel é encontrá-lo, antes que ele vai atrás da garota. Pra mim, é a primeira vez que ele faz um bom homem (pra quem fez Alex, do Laranja Mecânica, e outros vilões...)

Halloween terá uma continuação em breve. E com certeza, Rob Zombie pegará pesado. Sem piedade aos cinéfilos de plantão.

A figura da mulher é essencial. Seja na família, no trabalho, na vida. Agora, 192 milhões de seus eleitores irão conhecer a figura da mulher. No Planalto. Sim, meu caro. Pela primeira vez, na história desse país, o povo tem a primeira mulé a presidir o Brasil.

Com sobrenome búlgaro, Dilma Houssef nunca ocupou um cargo público, ao contrário do seu adversário, que possuiu um histórico de fazer inveja. Ué, Lula só ocupou o cargo de deputado federal e concorreu cinco vezes à Presida, vencendo duas vezes. Dilma cultivou uma forte persona, ao ser torturada, durante a Ditadura. E declarou que "mentir na tortura não é fácil".

E não era facil mesmo enfrentar um câncer no ano passado, que poderia apagar qualquer possibilidade de se candidatar. Superado todas as batalhas pessoais e políticas, Dilma Houssef venceu. Mesmo eu não ter votado nela, espero que ela tenha a OBRIGAÇÃO (em tom categórico) de governar o país, de observar (de perto) todos os problemas sociais, economicos, educacionais, assistenciais e diplomáticos que virá pela frente.

Pelo jeito, o Brasil vai virar Cuba. Mesmo que Dilma seja presida, o Lula ainda manda no Planalto. E ainda diz que é um país de todos.




[ ver mensagens anteriores ]
Rodrigo Souza Mlh

Criar seu atalho
Meu Perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Música, Cinema e vídeo