Esporro Público 2018 - #RIPLemmy - UOL Blog
Korzus - Discipline Of Hate (reeditado)

Eu estava esperando por esse momento. Desde que comecei a ouvir esse estilo maravilhoso, eu estava em dúvida sobre qual banda pegaria de jeito. Sei que já virei devoto ao Heavy Metal faz tempo, mas o que ocorreu-me quando comprei o CD do Korzus, resume tudo o que passei.

Depois de conhecer os caras na Expomusic, autografarem meu poster, trocar idéis com eles, meu desejo era ouvir o novo clássico da década, que, pelo título, é uma verdadeira matéria-prima da música pesada.

Discipline of Hate é clássico porque tem músicos do gabarito de Marcelo Pompeu (v), Heros Trench (g), Antônio Araújo (g/bckv), Dick Siebert (bx) e Rodrigo Oliveira, um dos monstros sagrados da bateria. Todos eles são competentíssimos em seu intrumentos. É Clássico porque a produção é nota 1000. Pompeu e Heros superaram Ties of Blood e conseguiram. É clássico porque as músicas são verdadeiros hinos de batalha, com direito a coros e refrãos de levantar os punhos para o ar.

Nem quero destacar as faixas, pois todas são de tirar o fôlego e de sair batendo em quem cruzar o caminho. Da faixa-título até Hipocrisia já valeu cada centavo. Mas akelas que vale a pena escutar são 2012, Raise Your Soul (que refrão é esse?), Revolution (tema do Stay Heavy), Last Memories, Never Die e Slavery. Chega! Minha boca secou. Agora dá licença que vou ouvir esse que é O DISCO DO ANO de 2010. Um recado: tire os imóveis da sala, pois o prejuízo é monstro!




[ ver mensagens anteriores ]
Rodrigo Souza Mlh

Criar seu atalho
Meu Perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Música, Cinema e vídeo